Juíza determina que Metrô de São Paulo esclareça reconhecimento facial

12 de fevereiro de 2020 - ARTIGO 19 na Mídia



Fonte: JOTA

A juíza Renata Barros Souto Maior Baião, da 1a Vara da Fazenda Pública de São Paulo, deferiu em parte um pedido de produção antecipada de provas para que o Metrô de São Paulo preste informações sobre a implementação de um sistema de reconhecimento facial, que custará R$ 58,6 milhões aos cofres públicos.

A ação foi protocolada pela Defensoria Pública do Estado de São Paulo, a Defensoria Pública da União (DPU), o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), o Intervozes e o ARTIGO 19, com apoio do Coletivo de Advocacia em Direitos Humanos (CADHu).

Leia na íntegra: https://www.jota.info/paywall?redirect_to=//www.jota.info/justica/juiza-determina-que-metro-de-sao-paulo-esclareca-reconhecimento-facial-12022020


LINK: https://artigo19.org/?p=17453

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *