RESULTADO: Conheça as propostas contempladas na chamada aberta que vai premiar ilustrações e charges sobre antirracismo e liberdade de expressão

19 de fevereiro de 2020 - Notícias



A Coalizão Negra por Direitos e ARTIGO 19 anunciam nesta quarta-feira o resultado final e os/as artistas que tiveram ilustrações e charges contempladas em nosso edital sobre antirracismo e liberdade de expressão no Brasil.

As 20 inscrições listadas abaixo, além de receber a premiação do edital, integrarão uma exposição que será inaugurada em março para marcar o Dia Internacional contra a Discriminação Racial (em breve mais informações sobre o evento).

Aproveitamos este anuncio para agradecer a todos/as que mobilizaram seu talento e criatividade para participar desta iniciativa. Recebemos 219 inscrições de artistas de várias regiões do Brasil para a nossa chamada aberta e, entre tantas propostas incríveis, o Comitê de Seleção teve um difícil chegar para alcançar o resultado final abaixo:

Alisson Affonso – Rio Grande (RS)
Ana Paloma Barbosa da Silva – São Paulo (SP)
Bruno Pere – São Paulo (SP)
Brum – Natal (RN)
Cristo Dias – São Caetano do Sul (SP)
Denise Silva – Santa Maria (RS)
Gleyson Borges (A coisa ficou preta) – Maceió (AL)
João Victor Alves (Jão de Merda) – Belo Horizonte (MG)
Karine de Souza Silva – Nova Iguaçu (RJ)
Kauê de Carvalho Xavier – Suzano (SP)
La Cruz – Belo Horizonte (MG)
Maria Luiza de Meneses – Mauá (SP)
Neska Brasil – João Pessoa (PB)
Pablo Parra (PunkArt Macumba) – Campinas (SP)
Patek – Salvador (BA)
Toni D’Agostinho – São Paulo (SP)
Thais Linhares (Mirim) – Rio de Janeiro (RJ)
Thiko  – Recife (PE)
Uberê Guelé – São Paulo (SP)
Yuri dos Santos Firmino – São Paulo (SP)

As 20 propostas foram escolhidas por um comitê de seleção que reuniu oito parceiros/as de diferentes estados e áreas de atuação: Maria José Menezes e Juliana Gonçalves, representantes da Marcha das Mulheres Negras de São Paulo; Jackeline Silva, cientista social, produtora cultural e integrante do Instituto de Mulheres Negras do Mato Grosso; Vinicius Araújo, integrante do Alma Preta; Maíra Angélica Oliveira, integrante da Rede de Proteção; Letícia Carvalho, designer e integrante da Rede de Mulheres Negras do Nordeste; Luciana Guimarães, superintendente executiva da Fundação Bienal de São Paulo e integrante do Conselho da ARTIGO 19; e Denise Dora, diretora executiva da ARTIGO 19.

Registramos o nosso muito obrigada mais uma vez a todos/as que nos enviaram propostas tão criativas e engajadas. Também reforçamos que a quantidade e a qualidade das propostas é um sinal da importância de iniciativas de apoio a intervenções artísticas nesse momento do país.

Os contemplados/as serão contatados diretamente pela nossa equipe para encaminhamentos em relação ao prêmio e a exposição, que seguirão os critérios estabelecidos na chamada aberta publicada em 9 de dezembro de 2019.

A exposição que resultará deste edital é nossa resposta à grave violação cometida contra as liberdades por um deputado federal do PSL-SP, que quebrou uma charge de Carlos Latuff sobre a violência policial contra a população negra, que era parte da exposição “Resistir no Brasil”, na Câmara dos Deputados em Brasília, na semana da Consciência Negra de 2019.


LINK: https://artigo19.org/?p=17499

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *