A movimentos, Maia se compromete a não pautar PLs que criminalizam luta popular

16 de outubro de 2019 - ARTIGO 19 na Mídia



Fonte: Brasil de Fato

Entidades da sociedade civil organizada entregaram ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na tarde desta quarta-feira (16), uma carta de repúdio a diferentes medidas legislativas que abrem espaço para a criminalização da luta popular e da liberdade de expressão.

Assinado por 27 organizações –  entre elas, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) –, o documento contabiliza 22 projetos de lei (PLs) que tramitam atualmente no Congresso Nacional, sendo 16 deles na Câmara dos Deputados.

Leia na íntegra: https://www.brasildefato.com.br/2019/10/16/a-movimentos-maia-se-compromete-a-nao-pautar-pls-que-criminalizam-luta-popular/


LINK: https://artigo19.org/?p=16784

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *