#ALERTA: Atropelamento e morte de integrantes do MST em Valinhos é grave e demanda resposta urgente

18 de julho de 2019 - Destaque



A ARTIGO 19 repudia veementemente o ato de violência praticado durante uma manifestação do MST em Valinhos (SP), que culminou no assassinato de um integrante e deixou outros feridos, incluindo um jornalista que acompanhava a manifestação. Também expressa sua solidariedade ao movimento, às pessoas atingidas e às famílias e conhecidos das vítimas.

De acordo com uma nota do MST, nesta quinta-feira, uma camionete em alta velocidade avançou contra várias pessoas durante uma manifestação, vitimando entre os feridos um integrante do movimento conhecido como Senhor Luiz. Os manifestantes são parte do acampamento Marielle Vive, que conta com mais de mil famílias e com o qual, inclusive, a ARTIGO 19 vem estabelecendo importantes parcerias desde o ano passado.

O movimento informou que realizava a manifestação com entrega de alimentos na Estrada do Jequitibá, Km 07, com o objetivo pressionar a prefeitura de Valinhos para garantir o fornecimento de água e também como parte da reivindicação das famílias pelo direito à terra.

O caso é grave e demanda uma resposta urgente do poder público: é fundamental que as investigações e responsabilização aconteçam de maneira célere, de modo a dar uma resposta adequada aos integrantes do MST, aos familiares do senhor Luiz, aos feridos e à sociedade, coibindo a permissividade em relação a situações de tamanha gravidade.

Também é fundamental que representantes do poder público e a sociedade manifestem publicamente seu repúdio ao atropelamento e solidariedade ao movimento, afirmando de maneira veemente que atos de violência e violações ao direito de protesto não serão tolerados.

Leia a nota do MST na íntegra

Foto: Mídia Ninja


LINK: https://artigo19.org/?p=16435

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *