Maioria dos assassinatos de comunicadores tem agentes públicos como suspeitos

12 de novembro de 2018 - ARTIGO 19 na Mídia



Fonte: Rede Brasil Atual 

São Paulo – Um relatório da organização não-governamental de direitos humanos Artigo 19, divulgado na quinta-feira (8), revela que, apesar da dimensão dos riscos que os comunicadores correm no Brasil ao exercerem sua profissão, a maioria dos casos de letalidade permanece sem reposta da Justiça. Com o intuito de dar visibilidade a estes índices e alertar para a impunidade, a entidade reuniu 22 casos de assassinatos, entre 2012 e 2016, para elaborar recomendações à imprensa e ao poder público.

Leia na íntegra: https://www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2018/11/maioria-dos-assassinatos-de-comunicadores-tem-agentes-publicos-como-suspeitos


LINK: https://artigo19.org/?p=15049

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *