STJ adia análise de recurso que culpa o Estado por cegar fotógrafo baleado pela PM de SP em 2013

Fonte: Ponte Jornalismo

“Infelizmente, já era previsível. Justiça para nós é lenta!”. Dessa forma o fotógrafo Sérgio Silva resume a retirada de pauta do recurso que move no STJ (Superior Tribunal de Justiça) em que tenta reverter a decisão da Justiça paulista que o considerou culpado por ter ficado cego após ser atingido por uma bala de borracha disparada pela Polícia Militar do Estado de São Paulo. O dano irreversível em Sérgio aconteceu durante uma manifestação no dia 13 de junho de 2013.

Há quase seis anos, a busca é por uma resposta na Justiça, agora no âmbito federal e não mais estadual. Na semana passada, havia a possibilidade de a decisão na terceira instância ser divulgada. Antes de apelar ao STJ, o profissional recebeu duas decisões negativas ao processo que movia por danos morais e pedindo reconhecimento de falhas cometidas pelo Estado em garantir sua segurança.

Leia na íntegra: https://ponte.org/stj-adia-analise-de-recurso-que-culpa-o-estado-por-cegar-fotografo-baleado-pela-pm-de-sp-em-2013/

Postado em

Icone de voltar ao topo
1