Juíza nega segurança extra aos jornalistas que fazem cobertura de Bolsonaro

Fonte: UOL Notícias/Coluna Rogério Gentile

A Justiça Federal rejeitou pedido de urgência feito por entidades da sociedade civil para obrigar o governo federal a reforçar a segurança dos jornalistas que fazem a cobertura dos atos públicos do presidente Jair Bolsonaro.

A liminar foi negada pela juíza Solange Salgado, da 1ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal. Ela considerou que ainda não foram apresentadas provas de que as medidas em vigor não são suficientes para a proteção dos profissionais de imprensa.

O processo foi aberto após episódios em que jornalistas sofreram hostilidades por parte de apoiadores do presidente. Em razão das agressões, alguns veículos chegaram a suspender temporariamente a cobertura no Palácio da Alvorada.

Leia na íntegra: https://noticias.uol.com.br/colunas/rogerio-gentile/2020/09/21/justica-nega-reforco-a-seguranca-de-jornalistas-no-palacio-da-alvorada.htm

Postado em

Icone de voltar ao topo