Bolsonaro: a mentira no poder como arma política e modo de vida

Fonte: Brasil 247

A ONG internacional Artigo 19, criada em Londres para defender a liberdade de expressão e o acesso à informação verídica, divulgou nesta semana que o presidente Jair Bolsonaro mentiu, no mínimo, 1682 vezes no ano de 2020. A média de mentiras do Bolsonaro impressiona a sociedade brasileira, pois o presidente brasileiro mente 4,5 vezes diariamente. Declarações falsas e negacionismos formam um coquetel de desinformações nunca acontecido no Brasil e jamais praticado por presidentes, a partir da redemocratização. Em nações civilizadas, Bolsonaro seria tirado do poder por crime de responsabilidade e iria para casa mentir para si em frente ao espelho.

Presidentes mentirosos de países civilizados são passíveis de serem denunciados e condenados por crime de responsabilidade. Muitas autoridades de mundos civilizados caíram do poder por mentir. Bolsonaro é um recordista mundial da mentira, um Pinóquio de carne e osso, além de mentiroso contumaz, pois patológico, que deveria ser objeto de estudos psiquiátricos, psicológicos e sociológicos. Bolsonaro é a mentira em toda sua amplidão e plenitude.

Leia na íntegra: https://www.brasil247.com/blog/bolsonaro-a-mentira-no-poder-como-arma-politica-e-modo-de-vida

Postado em

Icone de voltar ao topo