Conheça os grupos selecionados para o desenvolvimento de redes comunitárias na Amazônia

A ARTIGO 19 informa os cinco grupos selecionados em uma chamada pública para formação e apoio à instalação de redes comunitárias na Amazônia. Os critérios de seleção seguiram os determinados pelo edital, em especial distribuição geográfica, liderança de mulheres, perfil tradicional da população e vulnerabilização. Conheça:

  • Associação de Mulheres do Areia II – Trairão (PA)
  • Associação de Pais e Mestres da Aldeia Marajai – Alvarães (AM)
  • Associação Indígena Comunitária Mainumy – Bom Jardim (MA)
  • Associação Remanescente de Quilombo do Igarapé Arirá – Oeiras do Pará (PA)
  • Associação Terra Indígena Xingu – Querência (MT)

As comunidades selecionadas já estão participando da formação através de plataformas de Ensino à Distância. Inicialmente, foram ministrados conteúdos relativos às questões políticas e sociais que envolvem a montagem de redes comunitárias. Também sobre aspectos relacionadas à liberdade de expressão e o papel que as tecnologias de comunicação e informação desempenham nas interações da comunidade, além de informações sobre a organização e administração de uma rede comunitária. Em um segundo momento, serão apresentadas às comunidades questões técnicas de montagem das redes e aspectos regulatórios. O curso segue até o dia 05/02/2021.

Icone de voltar ao topo
1