Artigo 19 se posiciona contra censura ao Estadão

Paula Martins, diretora da Artigo 19 para a América do Sul, afirmou que a decisão do TJ-DF – que mantém a censura ao Jornal O Estado de São Paulo – reitera o erro da determinação provisória que já impunha silêncio ao jornal.

“É uma decisão absolutamente desproporcional, ao impedir de forma genérica qualquer manifestação do Estado sobre o caso, e que ignora totalmente o caráter intrinsecamente público do tema em discussão: possíveis atos de ilegalidade e corrupção.”, afirma.

“Nesse tipo de caso, o debate aberto, transparente e amplamente público é essencial para garantir a pressão necessária para que as investigações cheguem ao final”, destacou Paula Martins. “Não se trata de condenar de forma antecipada o acusado, mas de trazer à tona todas as ações tomadas para garantir o andamento efetivo das investigações.”

A Sociedade Interamericana de Imprensa e o Comitê de proteção aos Jornalistas também criticaram a decisão.

O Jornal está impedido de publicar notícias sobre Fernando Sarney desde julho de 2009

Os posicionamentos foram tema de reportagem do Jornal O Estado de São Paulo na quarta-feira, 22/05.

Confira:
Entidades reagem à decisão; para SIP, fato é ‘alarmante’

Postado em

Icone de voltar ao topo