Oficinas debatem sobre acesso à água e à informação no Semiárido Pernambucano

Oficinas em parceria do Centro Sabiá e a organização Artigo 19 acontecem desde terça-feira, dia 19, no Semiárido de Pernambuco. A primeira região a receber a oficina foi o Sertão, na comunidade de Souto, município de Triunfo. Nesta quinta e sexta-feira a comunidade de Sítio Velho, no município de Santa Cruz da Baixa Verde, também no Sertão receberá a oficina, e nos próximos sábado e domingo será a vez da comunidade de Juá, no município de Bezerros, Agreste do estado.

As oficinas fazem parte do projeto Acesso à Informação e Água nas Comunidades Rurais do Semiárido Brasileiro realizado em parceria pela Artigo 19 e o Centro Sabiá que busca promover entre organizações da sociedade civil, comunidades e lideranças do Semiárido o direito à informação como uma ferramenta que possibilita uma maior força na luta pelo direito à água. “A Lei de Acesso à Informação é muito recente, é de 2012, então essa é um oportunidade de trazer essa discussão para a região do Sertão e do Agreste e fortalecer a mobilização que já existe com relação ao acesso à água. Esse é um dos principais objetivos dessa iniciativa: poder trazer esse novo arcabouço legal para fortalecer ações que já existem nas comunidades, inclusive com o Centro Sabiá,” explica Vanessa Empinotti, consultora do projeto.

Nas oficinas são apresentados o projeto em si e a própria Artigo 19 e seu trabalho em busca de um maior acesso público à informação. Também são discutidas as problemáticas da água em cada região e os problemas que as pessoas encontram para conseguir informações que envolvem o acesso à água. Ao final é realizada uma atividade prática com a Lei de Acesso à Informação. “O objetivo é que as pessoas possam entender e estejam capacitadas a fazer pedidos de informação para poderem participar e controlar mais ativamente as políticas públicas que envolvem o acesso à água de suas regiões,” diz Karina Quintanilha, oficial de projetos da Artigo 19.

Esta é a segunda vez que o Centro Sabiá realiza parceria com a Artigo 19. As duas organizações já realizaram outro projeto, voltado para a percepção e os impactos das mudanças climáticas na vida das mulheres que vivem em comunidades rurais no ano de 2012.

Cartilha -Para facilitar o entendimento sobre o direito à água e à informação, foi desenvolvido um guia impresso que conta com o passo a passo da elaboração de um pedido de informação. O guia também traz informações sobre direito à água e dá exemplos concretos de pedidos que podem auxiliar as comunidades a participarem ativamente das políticas públicas para o acesso à água.

Compartilhe
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Google Bookmarks
  • del.icio.us
  • Live
  • LinkedIn